quarta-feira, março 28, 2007

O DESAFIO DE AGIR PELA FÉ

O Desafio de Agir Pela Fé

“Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei: Farei de ti uma grande nação, e te abençoarei e te engrandecerei o nome, e tu serás uma bênção.” Gênesis 12:1-2


Abraão vivia tranqüilamente em Ur dos Caldeus junto com a sua família. Ele tinha uma vida confortável, possuía muitas riquezas e provavelmente o seu objetivo seria administrar e multiplicar os seus bens até o dia da sua morte. Sua única tristeza era o fato de sua esposa ser estéril. Isto significava que ele não teria uma descendência do seu sangue e que toda a sua herança ficaria para um parente próximo ou um empregado de confiança.

O que Abraão não podia imaginar é que um encontro com Deus mudaria radicalmente o seu estilo de vida. Nesse encontro Deus ordenou-lhe que saísse da sua terra e da casa de seu pai e fosse para “...um lugar que havia de receber por herança...” Ele “...obedeceu e saiu, sem saber para onde ia.” Hebreus 11:8

Quando Deus fala ao homem ele o desinstala, retirando-o de seu lugar de conforto e o lança numa caminhada cheia de novas perspectivas muito maiores que as anteriores. Deus lançou três desafios a Abraão; o primeiro foi: Ver o invisível: Deus queria que Abraão saísse de sua terra para que ele se desligasse da idolatria que reinava em seu país mas não disse o destino final de sua jornada. As únicas certezas de Abraão eram que Deus iria mostrar a cada dia o caminho a seguir e que a nova terra seria o berço de uma grande nação. “Pela fé (Abraão) peregrinou na terra da promessa como terra alheia, habitando em tendas como Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Pois esperava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e construtor”. Hebreus 11:9-10. A nova nação não era visível fisicamente, mas com os olhos da fé ele pode vê-la e por isso partiu na direção que o Pai mostrou.

O segundo desafio de Deus a Abraão foi: Crer no incrível: Abraão já era idoso, tinha setenta e cinco anos e Deus prometeu que ele seria pai de uma grande nação. Crer nessa promessa seria admitir uma impossibilidade, pois sua esposa além de estéril, também era idosa. “Mas Abraão não perdeu a fé nem duvidou da promessa de Deus. A sua fé o encheu de poder, e ele louvou a Deus porque tinha toda a certeza de que Deus podia fazer o que havia prometido. Por isso Abraão, por meio da fé, foi aceito por Deus.” Romanos 4:20-22.

O terceiro desafio de Deus a Abraão foi: Realizar o impossível: Deus tinha um grandioso plano para abençoar a humanidade: Ele iria formar um povo através do qual o Messias viria ao mundo para trazer o perdão do pecado ao homem e Abraão seria o pai deste povo. “...Em ti serão benditas todas as famílias da terra.” Gênesis 12:3. Através da obediência de Abraão todos nós fomos abençoados, porque antes era impossível que o homem se aproximasse de Deus, agora temos liberdade de acesso ao Pai através de Jesus Cristo, filho de Deus e descendente de Abraão.

O Deus que retirou Abraão de seu recolhimento e o fez contemplar toda a extensão de suas promessas quer fazer o mesmo com você, pois ele também tem um maravilhoso plano para a sua vida. Ao retirar-lhe de sua aparente estabilidade e lança-lo numa emocionante caminhada de fé, ele colocará à sua disposição todo o seu poder e amor. Deus nunca decepciona aquele que nele confia.

O desafio de agir pela fé é entregar todas as suas certezas visíveis ao Senhor, confiar em suas promessas e buscar em primeiro lugar o seu reino e sua justiça. Somente assim você poderá experimentar todo o poder de Deus que engrandecerá o seu nome e fará de você uma bênção.

2 comentários:

Marcia Cristina disse...

Sabemos que não podemos deixar que as frustações dessa vida abalem a nossa fé. Mas na hora da dor e da perda, de algo que não está indo como gostaríamos que estivesse, nos esquecemos de tudo o que acreditamos e confiamos e começamos a colocar nossa fé em jogo, pondo em dúvida. É exatamente isso o que Marcos postou. Obrigada pelo texto, veio em boa hora.

ELISEU disse...

A PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO!
GOSTEI MUITO DA MENSAGEM ,POIS VEIO DE ENCONTRO AS MINHAS REAIS NECESSIDADES DO MOMENTO, E QUE DEUS CONTINUE O INSPIRANDO PARA TRANSCREVER ESTAS MENSAGENS BIBLICAS