sábado, abril 19, 2008

UM NOVO OLHAR


UM NOVO OLHAR

Depois de várias semanas chovendo, o sol apareceu, brilhando num céu azul e sem nuvens. Acordei mais tarde, tomei o café da manhã, li o jornal e quando olhei pela janela, o vento convidou-me a sair, pois não era possível permanecer em casa num dia como aqueles. Fui à praia de Copacabana. Ao chegar comecei a caminhar na areia, à beira-mar. A água que comumente é fria estava morna e com ondas muito fortes.


Durante a caminhada eu olhava a paisagem recordando de quantas vezes já havia visto aquelas montanhas e o mar, em todos estes anos vivendo no Rio de Janeiro. Mas sempre me surpreendo com a nova perspectiva de luzes e cores que o sol e as nuvens podem lançar renovando este cenário a cada dia.


Não há nenhuma novidade no nascer e no pôr-do-sol, mas uma observação cuidadosa pode revelar que esta cidade esconde muitas surpresas a quem se dispuser a olhar e admirar as coisas belas que estão ao redor. Eu descobri isto hoje.(1)
NOTA
(1) Este texto foi escrito no dia 12/04/08 - Dia de muito sol.

2 comentários:

Fábio Aguiar disse...

Você expressou uma verdade Marcos. Quase sempre estamos tão apressados que não nos damos conta da bela cidade em que vivemos.

Por vezes faz bem levantar o rosto para o céu e para as copas das árvores e contemplar a bela obra do Criador.

Victória Haddad disse...

Que legal!!
este texto foi escrito no meu niver!!!!