sexta-feira, março 16, 2012

POESIA É PROFECIA

POESIA E PROFECIA

Porque a poesia e a profecia caminham tão próximas uma da outra? Porque poetas e profetas fazem da palavra o instrumento de sua arte.

O poeta fotografa o sentimento com os seus versos e neles descreve as alegrias, as expectativas e o desalento deste complexo ser que é o humano.

O profeta fica indignado com os poderosos que corrompem o direito dos necessitados e denuncia armações, que de outra forma, permaneceriam tranquilamente escondidas.

Após décadas no exílio, os hebreus voltaram à sua terra e a encontraram abandonada, destruída. A alegria serem livres lhes motivou a cantar, a fim de expressar o desejo de viver num lugar onde a justiça fosse regra e não exceção, para poucos e privilegiados.

Eles compuseram um salmo para exaltar o amor e a fidelidade a Deus, que lhes traria a tão sonhada paz:


Amor e Fidelidade se encontram, Justiça e Paz se abraçam.

A Fidelidade brotará da terra, e a Justiça se inclinará do céu.

O Senhor nos dará a chuva, e nossa terra dará o seu fruto.

A Justiça caminhará à frente dele, a salvação seguirá os seus passos.

Salmo 84.11-14.

A sensibilidade do poeta lhe revela segredos que, expostos, cativam ouvintes atentos. Ele semeia mudanças porque rompe barreiras e amplia as expectativas daqueles que vivem fechados em seu mundo. Quando proferida diretamente, a verdade alcança o cérebro e pode ser rejeitada. Na forma de poesia, ela toca os corações e transforma vidas.

O profeta é a voz daqueles que foram emudecidos pela tirania. De sua boca sai o grito da mãe desesperada pelo filho doente que não consegue atendimento nos hospitais públicos e da criança que sofre abusos, mas não tem com quem dividir o seu sofrimento.

O profeta sente a dor do outro como se sua fosse, por isso ele segue à risca a recomendação feita pela bíblia sagrada: “Abra a boca em favor do mudo e em defesa dos desfavorecidos. Abra a boca e dê sentenças justas, defendendo o pobre e o indigente”. Provérbios 31.8-9

Poesia e profecia são irmãs, filhas do amor, filhas de Deus. Fomos chamados para testemunhar e comissionados para sermos profetas e poetas com o objetivo de anunciar, em alto e bom som, a boa notícia de que o Reino de Deus está entre nós.

Nenhum comentário: